UMA LUZ QUE NOS NASCE POR DENTRO

Publicado em Notícias
Ler 2550 vezes

virginia_carmo Virgínia do Carmo, embora nascida em França, é na verdade trasmontana. Pela sensibilidade, pelo apego pela terra dos seus antepassados.
Além de escritora, é animadora cultural e mantém em Macedo de Cavaleiros, onde vive, uma aposta simultaneamente comercial e cultural, a Livraria Poética, onde têm lugar regularmente eventos de exaltação da poesia, da pintura, da fotografia e de outras artes.
Já nos tinha dado dois títulos de poesia (Tempos cruzados, 2004, Pé de Página Editores, e Sou, e sinto, 2010, Temas Originais). Chega-nos agora uma incursão pela prosa (Uma luz que nos nasce por dentro, 2011, Lua de Marfim), uma espécie de híbrido de novela e diário, relatando com tocante autenticidade experiências que raiam os limites do humanamente suportável. «Trago as mãos sujas de tanta humanidade. Mas há-de haver um rio à minha espera e nele hei-de mergulhar as más memórias destes dias de angústia.»

Classifique este item
(0 votos)