COBRA-D’ÁGUA

Publicado em Notícias
Ler 3032 vezes

cobra_agua A. M. Pires Cabral volta à poesia com Cobra-d’água, volume acabado de sair na Cotovia.

O livro está dividido em dois blocos, “Sarabanda” e “Requiem”, em que respectivamente o poeta exprime as suas inquietações em torno de Deus e da morte.

Entretanto, sairá muito em breve em Itália, na conhecida editora Bibliopolis, a antologia Le illeggibili pagine dell’acqua, poemas escolhidos de A. M. Pires Cabral traduzidos para italiano por Giorgio de Marchis, que assina também uma nota introdutória à poesia do autor.

Classifique este item
(0 votos)