Fausto Guedes Teixeira

Publicado em Notícias
Ler 4026 vezes

O Ciclo "Poesia Trasmontana e Alto-Duriense" prosseguiu no dia 13 de Maio com uma sessão dedicada a Fausto Guedes Teixeira.
Fausto Guedes Teixeira, muitas vezes referido como “o poeta do amor e da paixão”, nasceu em Lamego em 1871, filho do Visconde de Guedes Teixeira e sua Esposa, e faleceu na mesma cidade em 1940, depois de ter vivido em Coimbra (onde viveu uma vida de boémia e acabou por se formar em Direito) e em Lisboa (onde chegou a experimentar dificuldades económicas). Uma herança recebida de um tio, o Visconde de Valmor, perto dos 50 anos permitiu-lhe um fim de vida desafogado na sua cidade natal.
Publicou diversos livros de poesia, que nos últimos anos de vida sujeitou a uma criteriosa revisão para editar os dois volumes de O meu livro (saídos postumamente: 1941 e 1942, nas Edições Marânus, do Porto).
Ao arrepio das tendências literárias do seu tempo, obstinou-se em prosseguir uma linha neo-romântica, inspirada em Alfred Musset, um dos mais conhecidos poetas românticos franceses.
Foi um poeta muito apreciado no seu tempo, mas hoje é infelizmente pouco lembrado.

Ver ficha na secção "Poesia Trasmontana e Alto-Duriense".

Classifique este item
(0 votos)